Close

Not a member yet? Register now and get started.

lock and key

Sign in to your account.

Account Login

Forgot your password?

A Voz do Diretor

 A ideia de fazer esse filme surgiu quando, sendo eu também um portador da desordem de fluência de fala, fui convidado para participar de dois programas de TV sobre gagueira. Nesta ocasião,este tema estava em evidência por conta do filme “O discurso do Rei”. A partir dessa experiência, quando tive oportunidade de conhecer outras pessoas que, como eu, estavam tendo a oportunidade de falar abertamente sobre a sua problemática, senti necessidade de me aprofundar sobre o assunto. Pesquisando nas redes sociais, constatei que existiam muitas dúvidas entre as próprias pessoas portadoras de gagueira que buscavam informações com outros gagos, até para aliviar as próprias angústias. Achei interessante como todos se confortavam entre si, ao se darem como exemplo. As reclamações sobre preconceitos nas entrevistas de seleção para empregos é uma queixa constante. Embora não seja possível provar, entre os gagos,as respostas negativas que recebem após as entrevistas, são sempre as mesmas…Coincidência? Mas fiquei feliz ao constatar que, apesar das dificuldades, as pessoas não deixam de sonhar e de fazer o que gostam por causa da gagueira. A quantidade de gagos exercendo profissões que dependem da fala, como apresentadores, atores, professores, vendedores, é significativa. Ao aprofundar cada vez mais as minhas pesquisas, percebi que muitas das minhas angústias, dos meus problemas, dúvidas, questões, não eram somente minhas, mas de todas as pessoas que apresentavam o mesmo problema. A partir daí, senti necessidade de, cada vez mais, falar sobre o assunto, ouvir histórias, e de provar que somos sim, capazes de fazer tudo o que nos propusermos fazer. Com limitações? Sim. Mas quem não tem limitações? Nas pesquisas que realizei, constatei a existência de alguns programas de TV abordando a gagueira através da opinião de especialistas, mas muito poucos com a participação de gagos.

Daí, a ideia da realização deste documentário “A VOZ do GAGO”.

MEU CURRICULO
Formado em Cinema pela Universidade Estácio de Sá em 2000. Experiência de 12 anos com produção. Fui Diretor de Produção de diversos curtas, longas e videos institucionais, treinamentos e comercias. Dirigi um curta metragem “SONHO”em 35mm e diversos videos treinamentos. Atualmente faço a Produção Executiva de 3 documentários  ”Cidade de Deus, 10 anos depois”, Setenta e  o  curta “Atelie de Gaia”  todos pela  Cavideo Produções.

Caso você tenha gostado do projeto e se interesse em ajudar na realização de documentário, clique EM CONTRIBUIÇÃO